JOÃOZINHO

A professora pergunta para Joãozinho:
- Qual será sua profissão Joãozinho?
- Vou ser Engenheiro!
- O que o Engenheiro faz?
- Bebe cerveja, anda de moto e come a mulherada..
- Joãozinho! Vá agora mesmo para diretoria!
Depois de um bate-papo com a diretora Joãozinho vai para casa e sua mãe pergunta:
- Porque chegou mais cedo meu filho?
- Porque eu falei que vou ser Engenheiro.. .
- O que o Engenheiro faz?
- Bebe cerveja, anda de moto e come a mulherada…
-Joãozinho! Vá para o quarto agora!
Joãozinho fica de castigo, pensa, pensa e volta para fala com a mãe.
- Mãe… então vou ser Engenheiro Júnior!
- O que o Engenheiro Júnior faz?
- Toma guaraná, anda de bicicleta, e bate punheta!
——————————————–

A professora pergunta aos seus alunos
- Se existem 5 passarinhos num ramo e você atira e mata um,quantos sobram ?
- Nenhum! – Responde Joãozinho – todos saem voando com o barulho do tiro.
A professora fica surpresa com a resposta: Não era essa a resposta que eu esperava, mas gosto do seu jeito de pensar.
- Eu posso fazer uma pergunta para a senhora? Pediu Joãozinho.
- Pode, Joãozinho.
- Existem 3 mulheres sentadas num banco tomando sorvete. Uma está lambendo, outra está chupando e a terceira está mordendo.
- Qual delas é a casada?
- A professora fica vermelha, mas responde, timidamente: A que está chupando.
- Não, a casada é a que tem a aliança no dedo, mas eu também gosto do seu jeito de pensar . . .
———————————————
Na escola, a professora falava dos animais:
- Para que serve a ovelha, Marcinha?
- Para nos dar a lã, professora…
- E para que serve a galinha, Marquinho?
- Para nos dar os ovos…
- E para que serve a vaca, Joãozinho?
- Para nos passar os trabalhos de casa…
——————————-
Ao entrar na sala de aula, a professora vê um pênis desenhado no quadro.
Sem perder a compostura, imediatamente ela apaga o desenho e começa a aula.
No dia seguinte, o mesmo desenho, só que ainda maior.
Ela torna a apagá-lo e não faz nenhum comentário.
No outro dia, o desenho já ocupa quase o quadro inteiro e por baixo ela lê a seguinte frase:
-’Quanto mais você esfrega, mais ele cresce!’
——————————
Como trabalho de casa a professora pede para os alunos fazerem uma rima.
No dia seguinte…
- Diga a sua rima Joãozinho:
- Lá vem o canguru com uma flor no cu.
- A professora indignada pede para ele refazer.
- No final da aula…
- Diga novamente a sua rima Joãozinho.
- Lá vem o canguru com uma flor na bochecha porque no cu a professora não deixa.
—————————————–
A professora pergunta ao Joãozinho:
- Quantos ovos uma galinha põe por dia?
- Não sei, professora.
- E com ironia ela diz: Apanhei-te.
- Ele também faz uma pergunta:
- Professora, quantas tetas tem uma porca?
- Não sei.
- Viu, você me pega pelos ovos, eu te pego pelas tetas!!!
————————————
A professora fala para o Joãozinho:
- Joãozinho, qual o tempo verbal da frase:
- ‘Isso não podia ter acontecido’?
- Preservativo imperfeito, professora!
———————————
A professora escorrega e leva o maior tombo na sala de aula.
Na queda, o seu vestido sobe até a cabeça.
Levanta-se imediatamente, puta da vida, ajeita-se, e interroga os alunos:
- Luisinho, o que você viu?
- Seus joelhos, professora.
- Uma semana de suspensão!
- E você Carlinhos?
- Suas coxas, professora.
- Um mês de suspensão.
- E você Joãozinho?
- Joãozinho pega nos cadernos e vai logo saindo da sala:
- Bom, galera, até o ano que vem….
————————
O pai do Joãozinho ficou apavorado quando este lhe mostrou o boletim.
- Na minha época as notas baixas eram punidas com uma boa surra.
- Legal pai ! Que tal pegarmos o professor na saída amanhã?
——————–
Na escola, a professora explica:
- Se eu digo ‘fui bonita’ é passado.
- Se digo ‘sou bonita’ o que é Joãozinho?
- É mentira…
>
——————————-
Na aula de noções de medicina, a professora pediu para os alunos trazerem instrumentos utilizados em um hospital.
- Cíntia, o que você trouxe?
- Um bisturi.
- Quem deu pra você?
- Minha mãe.
- E o que ela falou?
- Falou que serve pra cortar a pele!
- Ah, parabéns!
- Vinícius, o que você trouxe?
- Uma seringa!
- E quem deu pra você?
- Meu pai!
- O que ele falou?
- Falou que serve para aplicar injeção!
- Meus parabéns!
- Kiko, o que você trouxe?
- Um termômetro!
- Quem foi que deu?
- Meu tio.
- E o que ele falou?
- Falou que serve pra medir a temperatura.
- Ótimo.
- E você, Joãozinho, o que é essa bola embaixo do seu braço?
- Isso e um balão de oxigênio!
- E quem deu pra você?
- Eu peguei da minha vó!
- O que ela falou?
- D-E-V-O-L-V-E, D-E-V-O-L-V-E-E-E-E-E, D-E-V-O-L…
————————-
Durante o jantar, Joãozinho conversa com a mãe:
- Mamãe, porque é que o papai é careca?
- Ora, filhinho…. Porque ele tem muitas coisas para pensar e é muito inteligente!
- Mas mamãe…então porque é que você tem tanto cabelo?
- Cala a boca e come logo esta porra de sopa, menino!
————————
A professora de uma escola primária mandou que os seus brilhantes alunos escrevessem uma redação, onde fossem tratados os seguintes temas:
1. Monarquia
2. Sexo
3. Religião
4. Mistério
Quem terminasse, estaria dispensado e poderia voltar para casa.
Passados míseros segundos, Joãozinho levanta a mão e diz que terminou.
A professora, sem acreditar, pede que leia a sua redação.
Ele levanta e diz:
‘Mandaram a rainha tomar no cú. Meu Deus! Quem terá sido?’
—————————
Era o dia do exame final. O Joãozinho ia ser examinado pela professora em prova oral, e a professora, que era nova na escola, iria ser observada pelo diretor.
Sentam-se a Professora e o Joãozinho, um de frente para o outro, e o Diretor ficou em pé, atrás do menino.
- A professora pergunta:
- Joãozinho, o que D. Pedro I disse quando proclamou a independência do Brasil ? (nisso a professora derruba o lápis, e abaixa-se para pegar).
- Quando a professora se levanta, pergunta:
- E, então, Joãozinho o que ele disse?
- Peitinhos maravilhosos!
- Não é nada disso! Zero! – diz a Professora, nervosa.
O Joãozinho vira-se pro diretor:
- Pô, seu filho-da-puta! Se não sabe, não sopra!!!

Posted in joaozinho, piadas | Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>