Os três filhos de Artur – 36º capítulo

… No outro dia bem cedo, André partiu com o seu exército para mais uma batalha. E nesse dia, todos os soldados do exército inimigo estavam com máscaras para que Pedro e Paulo não fossem reconhecidos. Nessa batalha, todos do exército inimigo acabaram morrendo, inclusive Pedro e Paulo. André então, ficou muito triste com as mortes dos irmãos.

Enquanto isso na casa de Artur, as plantinhas que representavam Pedro e Paulo, morreram. Isso indicava que os dois haviam morrido. Artur e dona Kelly mandaram sepultar as plantinhas como se fossem os seus próprios filhos.

Depois de um ano, o exército de Apolo venceu a guerra no campo, mas apenas a guerra no campo, porque no palácio do rei inimigo, existia um exército muito mais forte.

Agora, André precisava invadir o palácio do rei inimigo, para salvar a princesa encantada, que estava sendo mantida como refém. O rei Apolo e André, desistiram de atacar o inimigo, pois temiam pela segurança da princesa.

No dia seguinte, André se aproximou do seu melhor amigo, o cavalo-velho e disse: – Meu amigo, eu preciso encarar uma batalha muito difícil e preciso agora mais do que nunca, da sua ajuda. Você teria coragem de ir sozinho comigo ir salvar a princesa? – O cavalo-velho respondeu então no ato: – Ora, mais que pergunta. É claro que irei com você.

André então muito alegre, disse ao amigo: – Ok, então partiremos ao anoitecer.

Na hora da partida, quando André já estava bem preparado, este foi surpreendido pela reação do cavalo-velho que disse: – Não, eu não irei mais… CONTINUA

Posted in novela, Os três filhos de artur | Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>