Os três filhos de Artur – 28º capítulo

André, como sargento, comandava um grupo de soldados com vinte homens. Havia na batalha deste dia, cem grupos de vinte homens, com um total de dois mil soldados, comandados por um general.

Ao chegarem no campo de batalha, avistaram o inimigo e constataram que o número de soldados deles, era mais do que o dobro do seu exército. André nessa hora respirou fundo e perguntou ao seu cavalo? – E aí, dá pra encarar? – Demorou -  disse o cavalo-velho. André então deu um grito e disse: – AVANÇAR – e seguiu na frente.

Quando ocorreu o contato físico, André e seu cavalo-velho em minutos dizimaram o batalhão inimigo, apesar deste grupo ter o dobro de homens em relação ao exército de André. André continuou lutando, ajudou todos os outros grupos aliados e nesse dia venceram a batalha.

Á tarde, voltaram todos cantando e felizes da vida. Ao chegarem ao palácio, o general que havia comandado a batalha, foi até ao rei Apolo e contou que André praticamente havia ganhado a batalha sozinho. O rei ficou muito feliz, mandou chamar André, lhe deu uma medalha de herói e o promoveu a tenente. André, muito feliz, foi mostrar ao cavalo-velho a medalha que havia ganhado das mãos do rei, pelo seu ato de bravura. O cavalo-velho fingiu que estava meio zangado e disse: – E a minha medalha? Eu também mereço uma né?

André então soltou uma gargalhada e disse: – Aqui está a sua. Eu disse ao rei que eu só aceitaria a minha  medalha se o meu amigo também recebesse uma  ;)CONTINUA

Posted in novela, Os três filhos de artur | Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>