Os três filhos de Artur – 20º capítulo


… Depois de um mês de viagem, André chegou ao vale das formigas, onde foi bem recebido pela rainha. Mas o chefe das formigas estava carrancudo e com cara de poucos amigos. André, vendo a expressão do chefe, lhe disse: – O que foi seu chefe? Parece que não gostou de mim?

O chefe então lhe respondeu: – E como eu posso gostar de uma pessoa tão malvada? Você pelo visto, deve ser irmão daqueles outros dois que passaram por aqui e nos pisoteou sem piedade.

André lhe disse: – Por acaso você está falando de Pedro e Paulo? Puxa, eu lhe peço desculpas caso eles tenham prejudicado o seu povo. Mas em todo o caso, a última coisa que eu farei é algo que possa prejudicá-los e posso lhe oferecer ajuda.

André então repartiu a comida que levava com as formigas. No dia seguinte, quando André estava indo embora, a rainha das formigas deu a André um amuleto que iria ajudá-lo no futuro, caso André precisasse. Era só esfregar o amuleto e fazer o pedido. André agradeceu ao presente e logo depois, partiu.

Dias depois, André chegou na cidade aonde seus irmãos passaram e que se darem mal. Quando a mulherada viu André, já ficaram todas alegres, pensando que iam fazer com ele, o mesmo que fizeram com Pedro e Paulo. Mas André foi direto para o hotel aonde seus irmãos se hospedaram. O dono do hotel já foi logo falando que anos atrás, passaram por ali dois jovens muito parecidos com ele e que estes foram roubados e espancados por causa de confusões com gente ruim daquela região. André ao ouvir isso, falou: … CONTINUA

Posted in novela, Os três filhos de artur | Leave a comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.