Vigarista do ano


Mais uma estória que eu nunca esqueci:

Certa vez, chegou no meu bar um rapaz e pediu para eu fritar 300 salgadinhos. O rapaz falou:

– Ô colega, enquanto você frita os salgadinhos aí, eu vou aqui ao lado na loja do meu irmão buscar o dinheiro para pagar os salgadinhos. Este é o presente do meu aniversário que meu irmão me deu hehe…

Na loja ao lado, ele comprou R$ 300,00 em roupas, e disse ao dono, que era meu irmão e que enquanto o funcionário aprontasse seu pacote, ele iria até ao meu bar pegar o dinheiro, e que isso era o presente que o seu irmão, o dono do bar ao lado(eu), estava lhe dando. Ao retornar ao bar, ele me disse:

– Opa meu amigo, então.. quando o senhor tiver fritado tudo, o senhor pode entregar os salgadinhos aqui na loja ao lado que é a do meu irmão e pode receber o dinheiro dele. Esse é o presente que ele vai me dar de aniversário hehe…

Logo em seguida, ele foi rapidamente até a loja, pegou seu pacote e disse ao dono da loja que seria eu quem iria pagar, e que este era o presente que eu iria lhe dar. Então ele chamou o dono da loja para ir até ao meu bar, para se certificar de que eu iria pagar as roupas. Ao chegar no meu bar, da porta mesmo ele gritou:

– Opa.. Ae meu amigo, os 300 você dá pra ele aqui, beleza?

Eu crente que ele estava falando dos salgadinhos, respondi:

– Opa beleza amigo, já já to levando.. Não demoro.

Quando fui levar os salgadinhos na loja, o dono me falou que não sabia de nada dessa história de salgadinhos, quis brigar comigo e ficou muito irritado. Daí após um certo tempo, após termos colocado os pingos nos is só então percebemos que caímos no conto do vigário

Posted in causos, veridico | 1 comentário

One Response to Vigarista do ano

  1. Bar do Zel » Vigarista do ano…

    mais uma de conto do vigário. Veridica!…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.